Papel Principal

" Amar é ter um pássaro pousado no dedo.

Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento ele pode voar."

Rubem Alves

Nenhum de nós é tão bom quanto todos de nós juntos

Nenhum de nós é tão bom quanto todos de nós juntos

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Esta semana demos continuidade ao projeto e como estamos a construir animais para a maqueta surgiu a necessidade de os conhecer melhor, neste sentido pesquisamos na Internet, vimos livros, imagem e descobrimos que há animais que nascem de um ovo posto pela mãe e há outros que são mamíferos. Identificamos as características de uns e de outros e registamos o que aprendemos. Continuamos a construção da maqueta: O Alexandre na quarta feira levantou um problema na sala: " Sabes Graça fui à sala da minha irmã, que anda no 4ª ano do 1ª ciclo, e estava um circulo desenhado no quadro e depois um risco na vertical e outro na horizontal e depois no quadro estava escrito 1 depois um traço e um 4. Então fomos descobrir: Algumas atividades nas áreas:

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Concurso - reutilização dos individuais do refeitório

Aqui fica as obras de arte produzidas pelas crianças do grupo para o concurso, "reutilização dos individuais do refeitório". Após o concurso a ideia é plastificar os desenhos a quente e ficarem a ser usados diariamente no refeitório. Concurso on PhotoPeach

O nosso projeto

Como a Graça estava sozinha na sala não teve hipóteses de tira fotografias, mas fica o registo da nossa maqueta do projeto do comboio. O projeto tem sido uma fonte de motivação para novas aprendizagens. Depois de termos descoberto o que são seres vivos e algumas das suas características foi a vez de descobrimos os 5 sentidos. E para nos ajudar convidamos o Cid Ciência. Começamos por perceber as conceções das crianças sobre o assunto. Alexandre: São coisas que sentimos no corpo, na cabeça...por ex: frio, calor quente peludo, sentir o que estamos a fazer. Rui: É como cheirar com o nariz! Francisco: Ou então sentir o coração a bater, se corrermos muito ele bate muito depressa e nós sentimos. João Paulo: Se nos mexermos o coração bate rápido e se ficarmos parados bate mais lento. Duarte: Os órgãos dos sentidos estão dentro de nós, mais ou menos nos ombros. Educadora: Estão dentro de nós como o coração, os pulmões...? Alexandre: Uns órgãos estão dentro de nós e outros estão fora. Educadora: Então onde estão situados os órgãos dos 5 sentidos? O Alexandre disse que serviam para sentir, o Rui falou nem cheirar e no nariz! Alexandre: também servem para ouvir, quando a mãe chama nós ouvimos. Educadora: Ouvimos com quê? João Paulo: Com os ouvidos! Ricardo: Também falamos e comemos com a boca Educadora: Então também temos um órgão dos sentidos na boca? Duarte: Pois, é na boca que tu distingues os sabores, se é fruta, ou carne... Francisco: Também temos os olhos que servem para ver as coisas. Educadora: Então vamos recordar o que já falamos: O Alexandre disse que podemos sentir as coisas com o corpo, o Rui que cheiramos com o nariz, o João Paulo que ouvimos com os ouvidos, o Ricardo que distinguimos os sabores com a boca e o Francisco que vemos com os olhos. Então corpo, nariz, ouvidos, boca e olhos serão estes os órgãos dos sentidos? Pegamos no livro do “Cid e as Ciências” e como os personagens do livro fomos à descoberta. Fomos buscar a caixa, com os frascos dos sabores e cheiros e partimos para uma atividade experimental, vivenciando o que verbalizamos e confirmando, ou não as nossas conceções.

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Quando me sinto... Assustado

Um livro interessante para trabalhar os medos com as crianças: Quando me sinto... Assustado on PhotoPeach

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Festa do Carnaval

A nossa festa de carnaval:_ Carnaval on PhotoPeach

Concurso

Com os individuais da cantina, o João Pedro, começou a fazer desenhos que ficaram autênticas obras de arte, esta iniciativa contagiou os colegas, que sugeriram fazer um concurso de desenho. Assim definimos as regras do concurso, escolhemos os júris e metemos mãos à obra. O concurso vai decorrer até ao fim do mês de Fevereiro. Concurso on PhotoPeach

Gráfico de barras com as faltas de janeiro

O mês de janeiro foi um pouco complicado no nosso Jardim de Infância, a gripe provocou muitas baixas como podemos verificar no gráfico de barras elaborado de forma autónoma por um grupo de crianças. Gráfico de barras on PhotoPeach

Pluviómetro

Depois do registo diário do nosso pluviómetro durante o mês de janeiro concluimos:

O nosso projeto

Com o desenrolar do projeto temos descoberto coisas fantásticas:

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Sopa de letras

Esta foi mais uma das estratégias, que a educadora encontrou para desafiar as crianças do grupo na atividade de distribuição dos cartões para as tarefas do dia. Já descobrimos os nomes das crianças pela primeira letra (do nome), depois pela primeira silabas, a última ou a do meio e agora numa sopa de letras. A brincar estas crianças têm adquirido pré-requisitos importantes para a aprendizagem da leitura e escrita.

Pintura abstrata

Ainda à volta da pintura abstrata: