Papel Principal

" Amar é ter um pássaro pousado no dedo.

Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento ele pode voar."

Rubem Alves

Nenhum de nós é tão bom quanto todos de nós juntos

Nenhum de nós é tão bom quanto todos de nós juntos

sábado, 26 de março de 2011

Semana de 21 a 25 de Março

Com o inicio da primavera notamos que muitas coisas estavam a mudar, na natureza, nos animais e nas pessoas:
Depois...



Fomos ao Museu, esta visita estava mais relacionada com o projecto do castelos, mas só agora foi possivel, entretanto também aproveitamos para observar a natureza e os lugares, momumentos, ruas... por onde passavamos. 






A exemplo dos outros anos, preparamos a nossa horta biológica e transplantamos alguns legumes, (da actividade com o CMIA e outros que algumas crianças trouxeram de casa), também semeamos beterraba e rabanetes.
Para adubar a terra utilizamos o composto fabricado no nosso compostor com as cascas de fruta.







Entretanto os nossos projectos individuais e em grupo continuam de vento em popa.
 


Com o caracol que a Carla trouxe exploramos os números ordinais e identificamos o lugar de cada botão. Depois brincamos à adivinha:
Quantos botões faltam para…?
Se tenho na mão 3 botões, e ao todo são 10, então quantas casas têm botões no caracol?
Retirei 5 botões que tenho nas duas mãos. Quantos podem estar em cada uma, das mãos?
...
Foi mesmo divertido

A sessão de drama foi uma dança do caracol, à volta do pára-quedas.
O pára-quedas fazia a função da couve onde o caracol se escondia.
Debaixo daquela couve está um caracol;
Que tem uma casca dura e um corpo mole.
Tem dois olhinhos,
Tem dois pauzinhos,
Caracol, caracol, anda cá estender-te ao sol. 



Participamos na semana do livro do Agrupamento e fomos ouvir uma história" a Árvore Generosa"



No âmbito da área de projecto, uma turma do 12º Ano da Escola Secundária de Monserrate apresentou no nosso Jardim de Infância a dramatização da história da Menina do Mar de Sofia de Mello Breyner. As crianças estavam fascinadas, um momento único, tudo na perfeição cenários dramatização e som.

Para este grupo de alunas que projectaram o seu trabalho em função das crianças do jardim de Infância de Monserrate o nosso muito obrigado.

Obrigado também à Escola Secundária de Monserrate pela parceria que mantém com o nosso Jardim de Infância.




No fim do dia, na avaliação as crianças disseram:
Alexandre: Gostei muito de ver a Menina do Mar e o menino, porque eles encontraram-se outra vez, eram muito amigo! Agora o menino também ficou menino do Mar para sempre.
Brenda: Gostei da música era muito bonita!
Sara: Gostei da menina do Mar, ela era muito bonita tinha uma saia verdinha e dançava muito bem.
Afonso: Gostei do polvo, ele puxava a menina!
Isa: O teatro foi muito bonito e eu gostei de ver a menina a dançar.
Tiago Rio: Da menina e do peixinho.
Gabriel: Gostei quando o menino bebeu o copo com água mágica e ficou menino do mar e foi ter com a menina.
Francisco: Gostei quando a menina queria conhecer as coisas da terra.
Leonor Morgado: Gostei quando o menino levou uma rosa da terra a menina depois ficou triste tinha saudades.
Joana: Gostei do peixe.
Tomás Marques: Adorei a menina do Mar porque tem animais do mar e eu adoro.
Mariana: Gostei do teatro, no fim o rapaz e a menina do Mar fizeram uma família.
Ricardo: Gostei da música e dos peixinhos.
Tiago Dinís: Gostei da menina e do menino juntos.

Para terminar uma grande vitória, o nosso colega Afonso experimentou, pela primeira vez, no jardim, o Leite. 


segunda-feira, 21 de março de 2011

Homenagem à Daniela - Dia da árvore e da poesia

Como tínhamos anunciado hoje, dia da árvore e da poesia, fizemos uma homenagem à nossa Amiga Daniela













PARA TI DANIELA



A vida é um dom, uma passagem

É uma escola ao serviço do amor,

Numa luta constante de perfeição,

Onde cada ser é ele e a sua mensagem

Que atrai e cria laços de amor e perdão.

Vida que é feita de sonhos, de projectos,

De trabalhos, de encontros,

De alegrias, amizades, de afectos

De dor sofrimento e transcendência

Que ultrapassa a nossa existência

E nos faz sentir atraídos para o bem.

É esta a verdade simples de quem sente

Apenas amor, compreensão e tolerância,

Amizade, simpatia e em abundância,

Sementes que permanecem e permanecerão

Porque não murcham os frutos da esperança,

Quando alimentados por esta alma de criança,

Que a Daniela tão bem soube cuidar,

Cultivando em cada jardim uma flor

Que cuidava com carinho e muito amor.

A Daniela tudo isto transmitiu

Na bondade no sorriso que se viu,

Na paz, tranquilidade e aceitação

Que a nossa memória retém e registou

E, para sempre, no nosso coração ficou

Viva, como ela, num obrigado eterno de gratidão.
Donzília Eira

Semana de 14 a 18 de Março

Esta semana foi muito preenchida, porque se aproximavam dadas muitos especiais: Dia do Pai, Dia da árvore e da poesia, chegada da primavera e a homenagem à educadora Daniela.


Para o dia do pai decoramos uma escova para os fatos e uma caixa, bem bonita para a esconder.


Fizemos um bolo bem gostoso e no dia 18 de Março recebemos os pais no nosso Jardim de Infância.


Na recepção aos pais as crianças cantaram o refrão da canção de André Sarde


"Gosto de ti desde aqui até à lua, gosto de ti desde da lua até aqui, gosto de ti simplesmente porque gosto e é tão bom viver assim."


Aqui fica uma pequena reportagem de como tudo se passou.




Fomos ao Porto ao teatro Sá da Bandeira ver o Musical do " Patinho Feio" foi fascinante e com uma mensagem que tocou cada criança.





Na resolução de problemas trabalhamos com o  tangra em pares, correu muito bem, já começamos a conseguir trabalhar em grupo de forma pacífica