Papel Principal

" Amar é ter um pássaro pousado no dedo.

Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento ele pode voar."

Rubem Alves

Nenhum de nós é tão bom quanto todos de nós juntos

Nenhum de nós é tão bom quanto todos de nós juntos

domingo, 31 de janeiro de 2010

Semana de 25 a 28 de Janeiro

Partilha do livro que vai a casa.
Este momento é sempre uma oportunidade de partilha, de comunicação, escuta, verbalização, síntese… que as crianças vivênciam com muito entusiasmo e emoção.



Na partilha o Afonso Cambão quis mostrar e explicar aos colegas, o trabalho que fez em casa com a mãe e o irmão mais velho relacionado com o projecto do planeta que está a decorrer na sala.
Foi interessante ver como a motivação das crianças transpôs os muros do Jardim e foi a casa, de forma espontânea, livre envolvendo assim os próprios familiares.



O nosso projecto vai de “vento em poupa”
Na segunda feira levei uma imagem de meninos diferente à volta do planeta.
Mostrei a imagem sem acrescentar qualquer tipo de comentário.
As crianças foram verbalizando:
“ São os meninos de todas as cores que há no planeta”
“Nós não somos todos iguais alguns são pretos porque a terra deles é África e há muito sol, por isso é que são pretos.”
“ Os do Haiti, onde houve o terramoto também são pretos”
Verificamos no mapa onde fica o Continente Africano e onde fica o Haiti”
“ Pois nos também temos um menino na outra sala que tem a pele castanha e não está em África.”
“Também há chineses da China e em Portugal”
“Professora qual é a terra dos Índios”
Voltamos ao globo para ver onde fica a América localizamos a Austrália e falamos
dos Aborígenes .
“ Podíamos fazer meninos de todas as cores para colocar no planeta saudável”
Professora: “Porquê?”
“ Porque todos vivem no planeta terra, por isso também têm que estar lá”

Aqui fica um pequeno estrato da conversa em grande grupo.






O Livro do “Coelhinho Tremeliques" na semana passada falou-nos da família e dos vários tipos de família.
Conversa em grupo sobre as nossas famílias...
Fomos ao Museu visitar uma exposição de Presépios onde podemos observar a família de Nazaré representada de várias maneiras e com diversos materiais.









Exploramos dois jogos novos no computador.
Estes jogos só funcionam no gabinete onde há Internet, por isso temos que ser responsáveis para podermos ir para lá.
Montar contos: http://www.chabelo.com/cuentacuentos/arma/index.php
A física dos lápis: http://www.crayonphysics.com/
Dois sites referenciados no tictacteando
" Professora é mesmo divertido jogar ao jogo da física do lápis, temos que estar com atenção e construir ponte para a bola não cair"
" Às vezes também precisamos de fazer caminhos para a bola escorregar até à estrela.
" Eu consegui dois níveis, mas é difícil empurrar a bola, mas se pensarmos conseguimos."





Com a proximidade do Carnaval as crianças começaram a falar das mascaras mostrei algumas mascaras que tinha no armário e gerou-se uma grande confusão.
Era necessário saber quantas fotocópias precisamos de tirar de cada mascara.
As crianças foram dando sugestões:
" Contas"
Mas no fim já não sabíamos "quem queria o quê"!
" Escreve no quadro"
Depois de várias sugestões e com o contribuo da Educadora chegamos aos diagramas e à correspondência.







Um grupo de alunas da Escola Secundária de Monserrate foi ao nosso Jardim desenvolver uma actividade com barro:


Como sabíamos que a Professora Daniela (Professora da Turma até ao ano passado) fazia anos decidimos fazer-lhe uma surpresa.




As crianças estavam eufóricas com a surpresa para a Daniela.
A Daniela com a sua ternura e o seu excelente profissionalismo marcou de forma positiva todas as crianças do grupo.
Obrigado Daniela

domingo, 24 de janeiro de 2010

Semana de 18 a 22de Janeiro

Mais uma vez começamos o dia com a partilha das vivências significativas do fim de semana e também com a partilha do livro que foi a casa.




Outra questão que aguardava resposta no quadro da perguntas era: " São as nuvens que fazem o frio?
Como estavamos a trabalhar o projecto do planeta a estagiária Gabriela trouxe uma história em power-point sobre a "Gota gotinha"
Após a leitura da história: “A Gota Gotinha” …
Sérgio: “Quando a chuva cai e está frio cai neve”.
Rodrigo: “Não porque as nuvens só têm água lá dentro. Quem faz o frio é o ar.”
Margarida: “ A gotinha transformou-se em mar, o ar é que faz frio.”
Miguel: “Algum frio quando está a chegar a neve deixa um bocado de frio na terra. A neve faz frio, os animais da terra podem beber um sumo frio.”
Inês: “O ar faz frio.”
Catarina: “É o ar porque faz muito frio.”
Diana: “Quem faz frio é o céu.”
Alexandra: “As gotinhas caem em forma de neve porque estão frias e elas congelam.”
Alexandre: “É o céu.”
Joana: “É o vento.”
João: “É o ar que vem do céu.”
Henrique: “ O vento faz frio.”
Marisa: “É a chuva que faz frio.”
Mais uma vez remeteram a questão para os projectos "porque é nos projectos que descobrimos as coisa"








Marisa:"Quando a temperatura está a zero graus fica muito frio. quando está a chover a chuva congela e fica neve a neve parece cristais."
Também descobri que os planetas andam à volta do sol e quando roda à volta do sol faz as estações do ano. Quando é inverno o planeta tem pouco sol e fica muito frio."


Maria "Descobri que o planeta tambem roda à volta dele às vezes o vento que vem do Pólo Norte chega ao nosso país, empurrado pelo vento e fica muito frio."
Rodrigo: "Nas montanhas muito altas há sempre neve porque é muito frio"
Afonso Garcia: " No Pólo Norte está sempre muito frio e sopra frio para os outros países."
Este foi o resultado das pesquisas feitas durante a semana por este grupo.
A Gabriela para reforçar a motivação trouxe uma experiência para "Fazer chuva"
Concepções das crianças antes da realização da experiência.
João: “vamos deitar a água quente na bacia para depois deitar o gelo e a água fica fria.”
Sérgio: “como o João, só falta a película para tapar e ver se as gotinhas de água conseguem passar para ir para as nuvens.
Marta: “ao colocar a água e o gelo a água vai descer.”
Durante a experiência as crianças foram observando o que estava a acontecer
João: “a água está a empurrar para cima, a película.”
Diana: “o gelo está a pôr a água para baixo.”
Rodrigo:" o gelo está a derreter. A água quente que está por baixo derrete o gelo".
Marisa: “mas tem a película a tapar como é que o gelo está a derreter?”
Rodrigo: “o calor faz derreter e está a levantar vapor.”
João: “o vapor de água passa e começa a derreter o gelo.”
Sérgio: “se o vapor consegue subir até ao gelo vai derreter.”
Alexandra: “as gotinhas de água estão a tentar subir e ao chegar à película derretem.”
Miguel: “quando a água está quente ao subir derrete o gelo.”
Afonso G: “a água está a derreter o gelo”
Alexandre: “o que faz o gelo derreter é a água quente.”
Inês: “o gelo está a derreter porque tem água quente por baixo.”
Maria: “porque o gelo derreteu. A água quente da película começou a cair outra vez na bacia”
Alexandra “ Foi o que eu disse o vapor não conseguiu ir para as nuvens, porque a película não deixou, então ficou outra vez água e caiu na bacia.”







Outra actividade que realizamos durante esta semana foi "Desenhar com a vela"





Sessão de Motricidade:


Continuamos o projecto dos planetas:




Mais uma história inventada e apresentada na área dos fantoches:




Na sexta feira de manhã fizemos uma actividade de dobragem para trabalhar a canção " O meu chapéu tem 3 bicos"


Durante a tarde Ouvimos a história do Coelhinho Tremeliques, para a semana contamos mais...
Finalmente avaliamos as actividades da semana e acordamos continuar o projecto dos planetas e o trabalho que surgiu com o livro " O Coelhinho Tremeliques."